"Acho a primavera a sua cara. Acho que porque você nasceu nessa estação e porque tem a alegria e a doçura da primavera. Lembra que tinha um beija-flor que de vez em quando aparecia na janela do seu quarto?"
Socorro Araújo (a mãe mais linda do mundo)
December 22, 2005

Ano novo, tudo novo 
Natal está chegando e quem ganha o presente é você, amigo e companheiro desses anos de "blogagem". Sim, você mesmo, que lê desde sempre ou que chegou agora. A direção resolveu finalmente fazer um upgrade e passar desta pra melhor. Estamos de casa nova, look novo, tudo novo. Anote o novo endereço e venha tomar o seu coquetel de boas-vindas.



Muito, muito, muitíssimo obrigada a Agoz, pela hospedagem, pelo desenho, o bem-te-vi, as graxas e o Vesúvio, pelo chapéu com bolinha em cima, pelos verdes, pelo azulcordecéulogodepoisdopôrdosol, por aturar a minha chatice, pelas "liçõs" de .php e pelos outros mil pequenos detalhes que ainda faltam ajeitar e que eu sei que ele ainda tem um tiquinho de paciência pra me ajudar. Agoz, grazie mille. Per tutto.

Entonces, que a festa tenha início, caiam na pista e festejem comigo a inauguração do novo boteco (podia ter mudado o nome do blog pra "Boteco da Julie"... mmmmm...). Na saída, assinem o livro de visitas e digam o que acharam do novo cafofo (Cafofo da Julie também era legal... mmmm....).

islashado por Julie # 12/22/2005 06:11:00 PM
|

December 20, 2005

Hello, Grigy 
Todos os esforços foram feitos. Tudo em vão. Digy is gone. Definitivamente. Adeus, Digy. Um minuto de silêncio.
Infelizmente, não foi possível nem mesmo cloná-la. Mas nessa casa reina novamente a felicidade. Grigy is here. Welcome, Grigy.


islashado por Julie # 12/20/2005 01:00:00 PM
|

December 19, 2005

Digam ao povo que fico! 
Eu esqueci de contar pra vocês que fui eleita representante da classe de Camila. Eleita é um "palavrão". Eu não me candidatei, me candidataram. Fiz algumas perguntas sobre o que significava ser representante de classe e uma das professoras decidiu que eu seria candidata. Cada classe precisava de 4 representantes e com muito suor elas conseguiram 5 candidatos. Fiz até campanha eleitoral a favor de outras duas mães porque na hora eu realmente não queria esse "cargo". Mesmo assim dias depois chegou a comunicação da minha "eleição". Hohoho. Fiquei foi feliz. Significa começar esse novo percurso com outro pé. Agora terei mais contato com as professoras, poderei opinar, serei mais presente na escola. O empenho é mínimo, perfeitamente conciliável com meu trabalho. Entonces, já participei até da minha primeira reunião com as professoras. Meu primeiro empenho "político".

Cami em Napoli - Julho 2005Semana passada foi a vez de ir à escola saber como vai a minha pequena. Depois de muito me irritar com a absoluta incapacidade desse povo de fazer fila (eles acham que um amontoado de gente um tentando passar na frente do outro possa ser considerado tal), consegui conversar com as professoras. Todas unânimes: educadíssima, inteligente, atenta, precisa somente empenhar-se um pouco mais. Está indo tudo bem, mas as professoras esperam mais dela, dizem que ela pode dar mais do que está dando. Os professores mais contentes com o desempenho dela são os de música, inglês e francês.
Eu entendo o baque que está sendo pra ela. Professores novos, amigos novos, muito mais matérias pra estudar. Além das matérias normais, como italiano, matemática, história, geografia, ciências, ela estuda inglês, francês, latim, artística, desenho técnico. É tanto, ela ainda tem que encontrar um equilíbrio. E eu continuo morrendo de orgulho.

islashado por Julie # 12/19/2005 01:39:00 PM
|

December 14, 2005

Chicken Little 

Bonitinho mas não empolgante.

islashado por Julie # 12/14/2005 06:56:00 PM
|

December 13, 2005

La verità sbattuta in faccia 
É doloroso. Você faz alguns sacrifícios, faz de tudo pra não sair da linha.
O espelho e as roupas que estavam apertadas dizem que seus esforços estão dando algum fruto. Pouco, mas sempre fruto.
Até que chega a hora da verdade e a porra da balança diz que não, não, você não está perdendo peso. A porra da balança grita que é tudo ilusão.
O que fazer? Pensar que "essa balança com certeza está com defeito"? A culpa é do suéter de lã que "com certeza pesa mais de 1 quilo"*? Simplesmente decidir que nada disso vale a pena e se abandonar às delícias de um bom doce?

* E chegando em casa descobrir que o suéter pesa 500 gramas. 500 gramas!!!!

islashado por Julie # 12/13/2005 05:01:00 PM
|

December 12, 2005

Trash is beautiful 
Tem música e música. Eu sou tão eclética que não conseguiria dizer que tipo de música gosto, eu ouço de tudo um pouco. Mas não estamos aqui para falar do meu gosto musical, mas da minha falta de gosto. Explico: eu ouço música trash. Não, eu não ouço pensando "que linda", nem muito menos é qualquer canção trash que entra na minha playlist. Eu escuto pensando que é uma porcaria mas que me faz sorrir, lembrar de alguma brincadeira com amigos, cantar em voz alta na certeza de que pior do que aquilo ninguém pode fazer uma canção.
Todo esse preâmbulo porque essa é a melhor época do ano pras minhas "trashidades". Eu ADORO música de Natal trash (e não só). Me lembram os Natais passados na coop (nome carinhoso pro escritório onde trabalhava) quando, pra desespero do meus colegas de trabalho, colocava essas músicas a todo volume.
A trash das trashs, segundo o comitê de avaliação das trashidades natalinas (eu e minha chefe-amigona Rita, companheira fiel dessas brincadeiras), é "Feliz Navidad" na voz de José Feliciano (note que deve ser escutada com você bregamente dançando sentado e o refrão deve ser cantado a todo pulmão). Mais trash do que isso impossível. Ledo engano, ledo engano. Celine Dion gravou essa mesma música e conseguiu superar a versão de Feliciano. Feliciano faz sorrir, Dion te deixa com vontade de chorar com tanta feiura. Celine Dion cantando "Feliz Navidad" é muito mais que trash, é inouvível. Consegue ser demais até para uma pessoa que curte trashidades como eu.

islashado por Julie # 12/12/2005 01:05:00 PM
|

December 11, 2005

Tem cheiro de canela no ar 
Farinha de trigo, manteiga, açúcar mascavo, fermento, ovo e canela. Tudo misturadim por 6 mãos, alguns minutos na geladeira e olha a mistura em cima da mesa enfarinhada. Cada um faz o que quer, o importante é a diversão de fazer biscoitos juntos. Várias formas estranhas depois, eis que os biscoitinhos estão no forno e por toda a casa se espalha o delicioso cheiro da canela. Dez minutos depois eles saem do forno sabendo que não durarão nem dois dias. Domingo que vem tem mais. Aceitamos encomendas. :)

Obrigada a Nani, que foi fonte de inspiração.

islashado por Julie # 12/11/2005 05:51:00 PM
|

.: Euzinha
Julie, 27 anos, libriana, baiana com H. Casada com Lello, há 6 anos vivo em uma cidadezinha da província de Nápoles. Tenho dois filhotes: Camila, 11 anos, e Giuseppe, 5. Sou uma ex-revisora de textos e ex-estudante de letras da UFBA, hoje não sei exatamente o que sou.
Algo a dizer? Manda um email: islashi arroba hotmail ponto com.
.: Blog altrui
.: Diversos
Islashianos:

Clube de Leituras do LLL, divulgue no seu site voce tambem



Template by: SuperAgoZ (sei grossoZZZ)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?



Site Meter